ETC!

O que eu aprendi no meu primeiro emprego.

Olá galera!

Esses dias ando muito saudosa. Ter o bebê no colo me fez pensar em toda a minha jornada até aqui e também em o que os próximos anos me trarão. E me bateu uma saudade e não saudade dos tempos do meu primeiro emprego… Oi? Como assim???

Vou explicar 😊

Era julho de 2011 (sempre quis fazer essa dramatização) 😂

Eu, recém formada da faculdade e cursando pós graduação, nunca tinha tido uma oportunidade de trabalho ou estágio de carteira assinada (pois para conseguir vaga de estágio você tem que ter estagiado, bela lógica #sqn 🤔).

Com a ajuda de um grande amigo, consegui uma entrevista numa marca de moda feminina recente. Foi tudo ótimo! Além do meu nervosismo de neném, eles tinham gostado de mim e logo me pediram para voltar com a carteira. Alguns dias depois voltei para assinar a papelada e BAM! TOMA UM CATÁLOGO PARA FAZER AQUI RAPIDINHO BELEZA OBRIGADA ANDA LOGO QUE É PARA ONTEM!

Imagina uma menina pequenininha miudinha no meio de gigantes chapados de Red Bull?!

E desde então nada foi diferente daquilo. Tudo era no 220v (posso dizer 330v?).

Coleções atrás de coleções, criações atrás de criações… Não tinha um tempo para espairecer entre os lançamentos. E eu miúda correndo pois tinha que alcançar os passos largos da galera.

Esse sempre foi meu primeiro e grande problema, sempre me diminuí. Não vou culpar a falta de oportunidades de estágios anteriores pois antigamente essa era a minha verdade (não que isso não venha à toma de vez em quando).

Eu não me soltava, não me permitia ser eu mesma. Por mais que em algumas horas eu agisse com meus besteiróis, eu não me deixava relaxar e acreditar em mim.

A empresa era pequena então todos ficavam na mesma salinha convivendo e resolvendo os pepinos ali ao mesmo tempo. Para ser ouvida era preciso falar alto e claro, coisa que eu jamais faria… Não gostava de incomodar.

As pessoas que ali trabalhavam comigo sacavam esses sentimentos todos estampados na minha cara. O que sempre achei mais incrível de tudo é que não se aproveitavam disso, eles me estimulavam! Me desafiavam a mostrar mais.

Eu queria ser tratada como pequena fofa e eles faziam questão de me mostrar a realidade de ter que me virar ali dentro, foi mega assustador!

E isso foi do começo ao fim.

Daí que me veio a saudade! Quando eu saí ainda era uma profissional em fase de amadurecimento mas senti que havia crescido bastante. Realmente a gente não aprende nada com faculdade!

Aprendi ali a me virar com contatos, prazos, trabalhar rápido e a responsabilidade de ser também peça importante para o sucesso de uma empresa (se alguma arte minha desse errado era uma produção inteira perdida!) Sem contar na parte que escola nenhuma te ensina que é ter que lidar com pessoas completamente diferentes.

O que não sinto saudade nenhuma era de como eu era menininha ainda no meio. Tinha extremos receios de me mostrar e isso muitas vezes me atrapalhou.

Não me arrependo de nada que fiz e vivi naquela época mas se o meu eu de hoje pudesse voltar no tempo, com certeza daria uns tapas de “acorda!” na minha própria cara, tiraria o que estava fazendo das minhas mãos e arrasava!

Mas a saudade consegue ser maior que a vergonha alheia de mim mesma daqueles tempos.

Pois no final de tudo, as pessoas ao seu redor é que acabam fazendo você esquecer das coisas estressantes vividas.

Éramos tipo A Grande Família Fashion!

Se alguém dessa minha época lá ler isso aqui, você sabe que está nesse texto.

Todos seguiram um caminho diferente mas saber que um dia tive a oportunidade de trabalhar com cada uma daquelas personalidades é bastante recompensador.

No dia que saí de lá saí formada.

Fashion Designer.

🌷

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s